Estresse: causas e efeitos

Estresse: causas e efeitos
Estresse

O estresse é uma reação fisiológica do corpo que ocorre quando o organismo entende que está sendo ameaçado de alguma forma e faz com que nos preparemos involuntariamente para lutar ou fugir.

Quando essa resposta é manifestada, sofremos alterações funcionais a fim de que nos adaptemos às diversas situações do cotidiano, sendo então, uma reação benéfica. Entretanto, muitas vezes, essa ameaça persiste por um longo período e começam a surgir patologias e sintomas prejudiciais, como a dor de cabeça, por exemplo.

Na atualidade, as causas do estresse podem ser muitas e nem sempre se dão por fatores negativos ou externos. Para melhor entendimento, listamos alguns exemplos:

Causas externas

  1. Grandes mudanças (casamento, mudança de casa, mudança de emprego etc);
  2. Dificuldade nos relacionamentos (amoroso, familiar, trabalhista);
  3. Problemas financeiros;
  4. Estar demasiadamente ocupado;
  5. Crianças e família.

Causas internas

  1. Preocupação crônica;
  2. Pessimismo;
  3. Expectativas irrealistas;
  4. Baixa autoestima.

O estresse crônico, que permanece por tempo prolongado, interrompe quase todas os sistemas do corpo, podendo aumentar a pressão arterial, suprimir o sistema imunitário, aumentar o risco de ataque cardíaco e AVC (Acidente Vascular Cerebral), contribuir para infertilidade e acelerar o processo de envelhecimento.

Além disso, o estresse pode causar, a longo prazo, transtornos de ansiedade e depressão, dores, doenças cardíacas, problemas digestivos, insônia, depressão, problemas com peso, doenças autoimunes e doenças de pele.

Deixe uma resposta