Ansiedade: causas e efeitos

Ansiedade
Ansiedade

A ansiedade é um sentimento ou sensação causada pela excitação excessiva do Sistema Nervoso Central diante de uma situação interpretada como perigo. Por ser, muitas vezes, parecida com o medo, a ansiedade é distinguida por não ter nenhum fator real ou palpável que a desencadeie.

A ansiedade pode ser experimentada por qualquer indivíduo em algum momento da vida: entrevista de emprego, apresentação em público, casamento, ou qualquer outro evento de grande importância. Algumas pessoas, entretanto, vivenciam a ansiedade de uma forma mais intensa e mais frequente, podendo até mesmo ser considerada como uma patologia.

Nos dias atuais, o diagnóstico de transtorno de ansiedade tem sido cada vez mais comum, sendo considerado inclusive o mal do século. Alguns especialistas atribuem essa frequência ao estresse do dia a dia: contas para pagar, meta para bater, TCC para entregar, corte na empresa, e tantos outros motivos que se acumulam.

Alguns dos sintomas mais comuns da ansiedade são: taquicardia, sudorese, tremores, tensão muscular, dores de cabeça, aumento ou diminuição do apetite, alteração no sono, irritabilidade, inquietação.

O tratamento do transtorno costuma ser iniciado com psicólogos que, durante a terapia, tentarão descobrir qual é o fator desencadeante da crise. Em casos mais graves, o paciente é encaminhado para um psiquiatra a fim de que se inicie um tratamento medicamentoso.

Entretanto, mesmo com uso de remédios, é essencial que o paciente mantenha a psicoterapia, pois, de um modo geral, os medicamentos combatem os sintomas, mas não resolvem a raiz do problema.

Compreender a própria mente é um passo muito importante para o controle do transtorno de ansiedade.

Deixe uma resposta