Vitamina D: conheça os principais benefícios desse nutriente

Vitamina DA vitamina D é conhecida principalmente pela sua função de absorção de cálcio e fósforo pelo organismo, sendo essencial para a manutenção da saúde óssea, para o crescimento e para a formação de ossos fortes. Além disso, a vitamina D também regula o funcionamento de mais de 200 genes, de modo que a sua deficiência pode promover diversos tipos de danos a longo prazo, por exemplo: enfraquecimento dos ossos, deformação óssea (raquitismo ou osteomalácia), produção de paratormônio e síntese de insulina de forma desregulada, problemas cardiovasculares, aumentando da pressão arterial e muitos outros.

A vitamina D também modula a função dos órgãos sexuais, tornando-se importante na formação e motilidade dos espermatozoides, produção de testosterona, integridade dos tecidos sexuais e produtividade feminina.

A recomendação diária de Vitamina D, estabelecida pelo Instituto de Medicina dos Estados Unidos, varia de acordo com o sexo, idade e estado fisiológico (gestação, lactação).

Veja abaixo a tabela de referências:

Recomendação Diária de Ingestão* (IOM/DRI 2011)
Idade Vitamina D (µg/UI)**
0-6 meses 10 /400***
7-12 meses 10 /400***
1-3 anos 15 / 600
4-8 anos 15 / 600
9-70 anos 15 / 600
> 70 anos 20 / 800
Gravidez e Lactação 15 / 600

Fonte: Dietary Reference Intakes for Calcium and Vitamin D (2011). Tabelas no site: www.nap.edu.

*Recomendação considerando baixa exposição solar.
**Recomendação em µg e Unidade Internacional (UI): 1µg = 40UI.
***Ingestão adequada: ainda não foi estabelecido Recomendação Diária de Ingestão (valor mais preciso).

As formas mais comuns de obter vitamina D são a exposição solar e ingestão de alimentos que fornecem o nutriente. Ainda que nosso organismo seja capaz de estocar vitamina D para os períodos de pouca exposição solar, como o inverno, muitas vezes não é suficiente. Isso porque a exposição solar está cada vez menor, levando em conta o fato das atividades cotidianas serem realizadas geralmente em locais fechados e, principalmente, porque os alimentos costumam fornecer uma quantidade insuficiente de vitamina D.

A solução para casos como este é a suplementação nutricional encapsulada de Óleo de Fígado de Bacalhau, por exemplo, que além de fornecer Vitamina D, fornece também vitamina A e ômega-3.

Você pode conhecer mais sobre esse produto, clicando AQUI.

Deixe uma resposta